Swingers da Bahia
O mais antigo site para casais liberais de Salvador - Bahia
Bom Dia! Hoje é Sexta-feira, 26 de Maio de 2017
Existe(m) 1 usuário(s) visitando o site neste momento.

Glory Hole
Data: 26/03/2006

A novidade que chegou no meio swinger.
Saiba o que é, como funciona e os locais onde estão em Salvador.
Você sabe o que é? Como usar? Onde encontrar?
É claro que, como em todos os tipos de relacionamentos entre casais liberais, existem algumas regrinhas básicas para usar uma cabine Glory Hole.
Em primeiro lugar, entendam como funciona.
As cabines são pequenos cubículos, geralmente feitos de divisórias de madeira ou madeirite, com uma porta e um banco ou cadeira.

Algumas possuem aparelhos de tv onde pode estar passando um vídeo erótico gratuitamente ou acionado através de fichas.
Na dúvida, perguntem ao dono/gerente do estabelecimento.
As cabines possuem furos em suas paredes com portinholas que se fecham/abrem dos dois lados.
Significa que quem não quiser ser incomodado, basta manter o seu lado fechado. E isso deve ser respeitado.
Se você abrir o seu lado e encontrar o outro fechado, não insista. Portanto, se você estiver afim, não esqueça de abrir sua portinhola.
Caso a portinhola esteja aberta, isso quer dizer que quem está ali está disposto a algo mais quente.
A comunicação entre as cabines vizinhas pode se dar da maneira que vocês preferirem. A mais simples é observando através do buraco e aguardar algum sinal.
Pode-se falar com os vizinhos sobre os desejos e fantasias.
Vocês também podem colocar um dedo ou a mão no buraco. Coloquem apenas a mão ou o dedo para que os vizinhos percebam seu interesse em participar.
Mas vá com calma!
Não vá logo enfiando o braço ou algo pior (!) para o outro lado pois isso pode ser agressivo e mal educado.
Coloquem apenas a mão ou o dedo para que os vizinhos percebam seu interesse em participar.
Caso haja reciprocidade as coisas acontecerão naturalmente.
Se vocês não quiserem agir ativamente conforme descrito acima mas desejarem algo mais, abram sua portinhola, aguardem os sinais dos vizinhos e respondam.
Mesmo com essa aproximação, ninguém é obrigado a nada.
Pode haver uma rejeição perfeitamente natural. Ou seja, vocês (e os companheiros ao lado) tem o direito de se recusarem caso não se sintam atraídos.
Nesses casos, jamais force a barra. No mínimo é indelicado e grosseiro.
A maioria das cabines existem buracos dos dois lados (algumas até na parede de trás e nas portas) e você pode interagir com os todos, individual ou simultaneamente.
Vale o que você sentir vontade de fazer, desde que respeitando os outros.
Sabemos que muitos encontros swingers acontecem em locais não especificamente construídos para casais.
Muitos eventos são realizados em boites eróticas comuns ou até estabelecimentos voltados ao público gay masculino.
Em alguns desses locais, as cabines foram projetadas para apenas uma pessoa e um casal ficará um pouco apertado e desconfortável.
Já em outros locais, as cabines são um pouco maiores, acolhendo um ou mais casais com certa folga.
O que é possível fazer numa cabine Glory Hole?
Tudo o que a sua imaginação mandar.
Pelos buracos dá para praticar voyeurismo, masturbação, felação (sexo oral) e, com alguma ginástica, até tentar uma penetração.
O mais importante é lembrar das regras básicas de educação, etiqueta swinger e principalmente segurança.
Use sempre preservativo e exija o mesmo dos prováveis parceiros.
Em Salvador, temos conhecimento da existência de dois locais com
cabines Glory Hole.
Queens Clube, onde são realizados os encontros da Comunidade Jardim de Alah e o Atiradouro´s, a casa tradicional dos casais swingers.
Vale a pena conferir.


voltar


Site com conteúdo adulto, voltado para casais liberais
Swingers da Bahia ® - 1999
swingbahia.com ® - 2004
swingbahia@swingbahia.com
Criação e desenvolvimento:
MP WebDesigner